Rondoniense Elsinho é eleito é melhor jogador brasileiro no Japão pelo Kawasaki Frontale

O jogador Elsinho do Kawasaki Frontale foi eleito pela crítica esportiva o melhor jogador brasileiro no Japão. Ele foi homenageado junto com seus companheiros pelo título do Campeonato Japonês. O atleta também foi considerado o melhor ala direita da competição. Emocionado, Elsinho homenageou os pais, amigos e o estado de Rondônia, empunhando a bandeira logo após o apito final do jogo que consagrou a equipe campeã nacional japonês.

Nesta quinta-feira, 7, Elsinho desembarca no aeroporto Jorge Teixeira para curtir as férias de fim de ano. Ele será recebido pelos amigos em uma carreata até o campo do Ipanema, no Bairro Igarapé, local onde o atleta deu seus primeiros chutes. “Foi muito emocionante ver um filho da terra, meu filho, brilhar em solo estrangeiro”, disse Eudes Ferreira, pai do jogador.

Como profissional, Elsinho já passou pelo Genus, onde foi vice-campeão em 2009; VEC, campeão em 2010; em 2011 foi campeão da terceira divisão do campeonato Paranaense pelo Grêmio Metropolitano Maringá; depois foi para o Clube do Remo de Belém e em seguida foi disputar a taça Minas Gerais pelo Nacional de Nova Serrana. Em seguida, foi ao CRB, onde foi campeão alagoano em 2012, logo em seguida foi transferido para a Séria A do Brasileirão pelo Figueirense. Passou pelo Vasco, América Mineiro e, finalmente, sua carreira foi coroada com três campeonatos pelo Kawasaki Frontale.

Do outro lado do mundo, Elsinho mantem contato todos os dias com os pais, Eudes Ferreira e Josenete Guarim de Souza, falando de suas conquistas e comemorando as vitórias. Seu Eudes assiste todos os jogos através do link que vem direto do Japão e os amigos de Elsinho se reúnem para ver as partidas.

Em suas férias em Porto Velho, Elsinho cumpre uma agenda extensa. O atleta visitará várias escolinhas de futebol, entrega o troféu da 2º copa Elsinho de Futebol de Base, inaugura o posto de saúde que está sendo reformada por ele no Bairro Igarapé.

Autor / Fonte: Jaru Online

Leia Também

Comentários