Perfil técnico do titular da Semagric cria boa perspectiva no setor

 A mudança na subsecretaria de Agricultura e Abastecimento de Porto Velho indica que o prefeito Hildon Chaves (PSDB) mantém a visão técnica sobre as secretarias municipais. O novo titular da Semagric, Francisco Evaldo de Lima, é técnico da área e já atuou em vários cargos, entre eles secretário de agricultura do Estado e gerente da Emater.

Reconhecido por atuar diretamente com os produtores e de conduzir com eficiência os programas governamentais, Francisco Evaldo de Lima é o nome que pode fazer com que Porto Velho tenha sua produção agrícola reconhecida como motor de um novo ciclo econômico na capital e fazer com que os produtores tenham uma nova referência governamental de apoio às suas necessidades.

O novo titular da Semagric é técnico em agropecuária pela Escola Agrotécnica do Crato (CE) e graduado em administração de Empresas Rurais pela Uniron, em Porto Velho.

Em Rondônia ingressou na Emater em 1993 e trabalhou na Fazenda Escola Abaitará como diretor geral de 1996 a 98.

Foi gerente da Emater em Rolim de Moura de 99 a 2002 e gerente de programas de apoio ao desenvolvimento agropecuário da Secretaria Estadual de Agricultura.

Entre 2008 e 2010 foi secretário estadual adjunto de Agricultura, Pecuária e Regularização Fundiária, assumindo a titularidade da pasta ainda em 2010.

Nomeado ainda na última semana como titular da Semagric, Francisco Evaldo de Lima tem ido a industrias ligadas ao setor primário, como frigorifico de pescado visitado na última quinta-feira, para que possa ampliar a capacidade de atendimento aos produtores. A geração de emprego e elevar os números da produção rural estão entre as metas.

Para o novo titular da Semagric, o prefeito Hildon Chaves tem uma visão empreendedora para o setor agrícola e sua atuação é no mesmo sentido, para fortalecer os produtores rurais. Com o seu conhecimento técnico e a capacidade de realização do prefeito Hildon, Francisco Evaldo acredita que Porto Velho poderá ter um salto de produção, sempre com atenção total e parceria com quem investe no potencial da terra na capital.

Autor / Fonte: Roni Viana da Cruz

Leia Também

Comentários