Mobilidade urbana é discutida durante audiência pública

Mobilidade urbana é discutida durante audiência pública

Uma audiência pública vai discutir a mobilidade urbana, na noite desta quinta-feira (18), em Cacoal (RO). O evento, aberto ao público, está marcadado para 19h na Câmara Municipal. A reunião é orientada pela Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Semttran).

De acordo com o secretário de Transporte e Trânsito, Gilmar de Assis Andrade, discussões vão ajudar município a formalizar seu plano para o setor. “Em março deste ano a população foi ouvida por meio de consulta pública sobre os problemas enfrentados na acessibilidade, infraestrutura e urbanismo”, explica.

Os problemas mais recorrentes serão divulgados durante a audiência e os participantes vão poder acrescentar outras dificuldades que não estejam incluídas no relatório ou também apontar soluções para essas questões.

O plano está sendo elaborado por uma empresa contratada pelo município. A arquiteta responsável, Kelly Fernandes, diz que as principais dificuldades apontadas são a falta de ciclovia e as calçadas irregulares.

“Na consulta anterior ficou muito evidente as pessoas falando sobre a má qualidade das calçadas, falta de infraestrutura ciclo viária, a situação das ruas com buracos danificando os veículos, entre outros problemas”, afirma.

A previsão é que o plano fique pronto em 2033, mas até lá o município precisa cumprir medidas de curto, médio e longo prazo.

“O plano tem que ser dividido em 5, 10 e 15 anos. Vamos pontuar para a prefeitura o que tem que ser feito ao longo desses anos aumento a complexidade conforme o tempo for passando”, explica a arquiteta.

A elaboração do plano de mobilidade urbana atende a lei federal 12.587/2012 e é uma obrigação legal de todas as cidades com mais de 20 mil habitantes. Os municípios deverão implementar o projeto e quem não se adequar fica impedido de receber novos recursos federais.

Autor / Fonte: Fernanda Bonilha, G1 Cacoal e Zona da Mata

Leia Também

Comentários