Ludmilla levou mala de dinheiro para escola para provar fama: 'Não acreditavam'

Ludmilla levou mala de dinheiro para escola para provar fama: 'Não acreditavam'

Dona de tatuagem em lugar inusitado, Ludmilla revelou mais curiosidades sobre a sua vida em conversa com Giovanna Ewbank no Youtube. A funkeira entregou que, no início da carreira, precisou provar para os amigos da escola que estava fazendo sucesso: "No Rio de Janeiro só comecei a fazer muito show depois que apareci no Esquenta. Devo muito da minha carreira para a Regina Casé. Então, eu ia para São Paulo e quando eu ia para o Rio as pessoas não acreditavam muito no que eu estava falando".

FUNKEIRA LEVOU BOLSA DE DINHEIRO PARA A ESCOLA: 'ESTOU MUITO FAMOSA'

A cantora disse que exibiu o dinheiro recebido para os colegas para mostrar que estava ganhando fama: "Fiquei quase um mês morando em São Paulo e voltei com muito dinheiro, com uma bolsa de dinheiro. Todo mundo falando, 'Ludmilla, você está faltando muita à aula. E eu: 'Gente, eu virei cantora. Virei MC. Estava em São Paulo fazendo show'. E eles: 'Para de ser mentirosa, garota'. No outro dia, cheguei na escola e abri minha mochila e falei: 'Aqui, olha! Estou falando que é verdade! Eu levei para a escola o dinheiro. Eles falaram: 'Ludmilla, é muito dinheiro'. Eu eu falei: 'Estou falando! Sou MC e estou muito famosa em São Paulo'. Depois disso, não consegui ir mais para a escola".

CANTORA ADMITE AFFAIR: 'NINGUÉM É FELIZ SOZINHO'

Depois de ironizar affair com o jogador Lucas Paquetá, do Flamengo, a artista admitiu que está ficando com um rapaz na conversa com a mulher de Bruno Gagliasso. "Não estou namorando", disparou, e acrescentou: "Ah, gente. Ninguém é feliz sozinho".

ARTISTA PASSA POR TRANSIÇÃO CAPILAR: 'ALISAVA MEU CABELO DESDE OS 7 ANOS'

Conhecida por sempre transformar o visual, Ludmilla recentemente decidiu assumir o cabelo crespo e passar por uma transição capilar: "Alisava meu cabelo desde os 7 anos. Quando eu era pequena, estudava em escola particular e todo mundo tinha cabelo liso. O meu era o único cabelo diferente, crespo. E eu, que queria ter o cabelo igual ao delas, ficava passando formol na cabeça. Hoje minha ideia é poder ser livre, usar meu cabelo do jeito que eu quiser".

(Por Tatiana Mariano)

Autor / Fonte: Purepeople

Leia Também

Comentários