Escolas suspendem carne na merenda após investigações

Escolas suspendem carne na merenda após investigações

© PixaBay

O escândalo envolvendo a Operação Carne Fraca também envolveu a merenda escolar. Agora, segundo o G1, a Secretaria da Educação de São Paulo resolveu suspender carne do cardápio de cinco mil escolas da rede estadual paulista.  

O Diretor do Departamento de Alimentação e Assistência ao Aluno, Roberto Liberato, liberou uma circular onde orienta que não sejam mais consumidos oito alimentos, entre congelados e estocáveis - entre carnes bovinas, salsicha e peito de frango.  

Para não prejudicar a alimentação dos alunos, os itens serão substituídos por sardinha e atum enlatados, ovos, carne suína, legumes, verdura, feijão e molhos.  

“Tendo em vista procedimentos de controle de qualidade do produto entregue, solicitamos a suspensão do produto pelos próximo 20 dias”, lê-se em um trecho do comunicado. Os itens são: 

- salsicha de peru congelada 

- carne bovina moída congelada 

- carne bovina em iscas congelada 

- carne bovina em cubos congelada 

- salsicha hot dog congelada 

- carne bovina em cubos (embalada sem necessidade de refrigeração'pouch') 

- carne bovina enlatada (embalada sem necessidade de refrigeração 'pouch') 

 - peito de frango em cubos (embalada sem necessidade de refrigeração'pouch') 

Autor / Fonte: Noticias ao Minuto

Leia Também

Comentários