Entrevista: Luiz Braga Show

 fotos Ana Célia Santos

 Luiz Braga de Araujo- A voz show do boêmio da Amazônia

Sexta feira dia 17, a Fina Flor do Samba recebeu a visita surpresa do cantor Luiz Braga Show, no Mercado Cultural e Ernesto Melo sabedor dos seus dotes como cantor boêmio de Manaus, o convidou para uma apresentação especial. Quando Luiz começou a cantar os aplausos ecoaram pelo Calçadão Manelão e adjacências. “Que voz”, disse alguém da platéia. Ernesto me apresentou Luiz que estava de passagem para Rio Branco (AC) onde participaria de mais um evento “Encontro de Amigos” que acontece todos os anos, sendo um ano em Porto Velho e outro em Rio Branco. “Este ano foi no Acre e para o ano será em Porto Velho”.

Quinta feira passada Luiz estava de volta a Porto Velho de onde partiu sexta dia 24 para Manaus, aproveitamos sua estadia em Porto Velho para saber detalhes da sua vida e o resultado da conversa está aí embaixo.

CONVERSA

Zk – Vamos começar pelo seu currículo?

Luiz Braga – Meu nome é Luiz Braga de Araujo, nasci em Manaus no dia 13 de dezembro de 1948. Sou de uma família pequena, pai, mãe, duas irmãs e eu. Sou daquelas famílias tradicionais, quando o pai era louco que o filho crescesse para se empregar e ajudar com as despesas da casa. Sempre estudei em colégio público, me formei em administração de empresa.

Zk – Foi criado em qual bairro de Manaus?

Luiz Braga – Morei no centro, na avenida Japurá e no bairro da Glória, Depois de muita luta, trabalhando ajudando meu pai, em 1980 me formei em administração pela Universidade do Amazonas e entrei pro setor elétrico, dentro desse setor evoluímos e no ano de 2.000 me aposentei pela Eletronorte.

Zk – Vamos continuar falando sobre seu currículo que pelo que estou vendo, é extenso?

Luiz Braga – Fiz English Basic Course 1975, pelo Instituto Cultural Brasil-Estados Unidos (ICBEU); Curso de Pós Graduação Lato Sensu MBA em Management, pela Fundação Getúlio Vargas, ano 2000, em parceria com o Instituto Superior de Administração e Economia da Amazônia – ISAE. E por aí vai.

Zk – E a música, como é que chega à tua vida?

Luiz Braga – Essa paixão pela música foi assim: Em 1969 trabalhava no hotel Amazonas como Office boy, já falava um pouco de inglês, depois fui convidado a ir pros Estados Unidos por uma firma que importava madeira de Itacoatiara pra la e fiquei por dois anos. Nas reuniões de família, costumava cantar. Nesse círculo de amigos existia um professor de canto que quando me viu cantar, chegou e disse: “vou dar aula pro senhor de graça”, eu estava com 21 anos de idade, isso na Califórnia (USA). Então aprendi as técnicas de cantar e comecei a tomar gosto pela música.

Zk – Depois?

Luiz Braga – Na Eletronorte trabalhando em Manaus houve uma vacância em Rio Branco (AC) na gerencia administrativa, a empresa me botou pra lá e já em Rio Branco formamos o grupo Uirapuru que deu origem a banda Divina Luz que gravou CDs; Em 1995 voltamos pra Manaus sempre envolvido com música, na casa de amigos, barzinho etc. Em Manaus montamos o grupo de chorinho “Cordas de Ouro” que ainda existe. Em virtude da minha vida profissional, não tinha tempo e por isso, não fiz da música meio de vida, era e é apenas paixão.

Zk – E a gravação do primeiro CD?

Luiz Braga – Depois eu me aposentei, falei, vou gravar um CD. Minha esposa dona Eliana foi a maior incentivadora: “por que você não faz; você gosta de cantar. Todo mundo gosta de ouvir sua voz e tal”. O resultado foi que gravei o CD que tem como título o meu nome artístico “Luiz Braga Show”.

Zk – Você já se apresentou em vários eventos. Vamos enumerá-los?

“Luiz Braga – Nos Estados Unidos fiz solo com a música “How Great Thou Art”, acompanhado ao piano por Miss Jennifer Bowman, na Emanuel Baptist Church. Vocalista e fundador do Grupo Musical “O UIRAPURÚ” na cidade de Rio Branco-Acre, onde realizamos muitos eventos sociais nas Sedes da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), Bancrevea, Associação dos Empregados da Eletronorte (ASEEL), Clube Vasco da Gama e ASSINCRA. Com o Grupo “Cordas de Ouro” participei de vários eventos, tais como: "Seresta no Largo”; shows Musicais no Teatro Gebes Medeiros, Sala de Músicas Ivete Ibiapina, Boemia no Palácio (Sala de Música no Palácio da Justiça) e outros eventos no Largo São Sebastião;

Zk – No teatro Amazonas?

Luiz Braga - Cantei no Teatro Amazonas (Segundas no Palco) em parceria e a convite das cantoras Lili Andrade e Luiza Sônia Sêmem; Também participei do Show de abertura do FECANI – 2007, juntamente com a cantora Lili Andrade e Banda composta por Heliomar (violão 6 cordas); Carlito (violão 6 cordas); Claudinho (cavaco); Casqueta (pandeiro); João Paulo (bateria), tendo ainda a participação da cantora Luiza Sônia Sêmem. Fiz várias performances no Programa Carrossel da Saudade, da TV Cultura – AM.

Zk – Você veio participar de um evento que este ano aconteceu no Acre. Vamos falar sobre isso?

Luiz Braga – Temos um grupo de amigos que se reúne uma vez por ano, sendo que, num ano, o encontro acontece em Rio Branco e no ouro em Porto Velho. Como este ano (2017) foi no Acre, em 2018 será em Porto Velho. A música só me dá prazer, apesar de não atuar como profissional da música.

Zk - Quem faz parte desse grupo de amigos?

Luiz Braga – Tem de tudo quanto é profissional. Desembargador, jornaleiro, advogado, jornalista, empresário enfim, tem de todas as classes, é um encontro muito lindo e rico musicalmente falando. O bacana é que a turma leva as esposas e filhos para os encontros, é uma festa familiar apresentada para o público em geral.

Zk – Quando o encontro acontece em Porto Velho vocês se reúnem aonde?

Luiz Braga – A última vez que aconteceu aqui, foi no ano passado e nos reunimos na Chácara do Cabeça. Tudo indica que no próximo ano será lá também, aliás, se depender da Quinha e do Cabeça será na Chácara novamente. A coordenação em Porto Velho é do Enio Ricardo integrante do grupo Camafeu.

Zk – Em Manaus você se apresenta aonde?

Luiz Braga – Olha, profissionalmente não me apresento em nenhum local, gosto mesmo é de ficar com os amigos aos finais de semana, as vezes na minha própria casa e em outras vamos prum boteco, mas, tudo sem compromisso. Como você viu, participo de alguns eventos, porém como participação especial, como convidado. Isso não quer dizer que não faça show profissional, ainda mais agora que estou com meu primeiro CD na praça e o segundo já está gravado, preciso mostrar esse lado profissional.

Zk – Qual o repertório dos CDs

Luiz Braga – O repertório do CD Luiz Braga Show é composto da chamada MPB com composições de Wando, Toninho Geraes, Martinho da Vila, Adoniran Barbosa, Sergio Bittencourt e outros. São músicas como Mulheres, Pra Poder te Amar, Choro Chorão, Safada, Apaga o Fogo Mané e outras, são 14 músicas.

Zk – E o próximo?

Luiz Braga – Será em espanhol e com um repertório baseado nos melhores boleros. Se Deus quiser até o meio do próximo ano vamos promover o lançamento. Já está na fase de finalização.

Zk – Isso quer dizer que você não é um cantor de samba?

Luiz Braga – Não, meu repertório tem todos os ritmos, inclusive forró pé de serra, muita música romântica, MPB e é claro muito samba.

Zk – Família?

Luiz Braga – Sou casado com a dona Eliana há 43 anos, temos duas filhas Deise e Liana e quatro netos Ester, Mateus, Othon e Luiz Anísio esse último em homenagem ao vovô.

Zk – E a Fina Flor do Samba, você já conhecia?

Luiz Braga – Pela primeira vez tive o prazer de cantar na Fina Flor do Samba no Mercado Cultural, foi na sexta feira dia 17. Posso dizer que os músicos da Fina Flor são de primeira qualidade, veja que nos encontramos no momento do show e saiu tudo redondinho, pra você ver como é cantar com músico profissional e pra mim aqueles meninos são profissionais. A única pessoa que conhecia naquela roda de samba era o meu amigo poeta maior, Ernesto Melo e deu tudo certo.

Zk – Para contratar o Luiz Braga Show?

Luiz Braga – Quero agradecer a hospitalidade dos amigos de Porto Velho Cabeça, Enio Ricardo, Ernesto, Erenir, Quinha, os músicos da Fina Flor e agora você. Agradeço em especial a equipe no Hotel Central onde fico toda vez que venho a Porto Velho. Meu contato é (092) 98259-6109. Obrigado!

Autor / Fonte: Zekatraca

Leia Também

Comentários