Banda do Vai Quem Quer – Orgulho de Porto Velho

Banda do Vai Quem Quer – Orgulho de Porto Velho

“Eu sou da banda
Da banda do vai quem quer
Nós não temos preconceito
Na brincadeira entra quem quiser” 
Banda criada pelo saudoso Manelão
O General com energia de puraquer.

Lá vai à banda
Arrastando a multidão
Com o hino do Silvio Santos 
Vai fazendo o arrastão 
Sob o signo do carnaval
É grande a animação.

A banda do vai quem quer
É um patrimônio de nossa história
No sábado de carnaval
É um dia pra ficar na memória
Pra milhares de foliões
É mais um dia de glória.

A banda do vai quem quer
É uma instituição da democracia
Dança o pobre, dança o rico
É o povão no meio da folia
Acompanha: o branco, o negro, o índio, o cafuso...
No meio da banda é só alegria.

Na Amazônia
É o maior bloco de carnaval
São mais de cem mil pessoas
Fazendo um espetáculo fenomenal
Pelas ruas de porto Velho
Em nossa cidade não tem outra festa igual.

Na banda tem de tudo
Até cachaça com pimenta
Tem muita mulher bonita
A idade é de oito a oitenta
Uma festa popular
Quem brinca a primeira vez, todo ano freqüenta.

Os inrrustidos sai do armário
Arruma logo uma fantasia de mulher
Tem mulher, que vira homem
Diz logo: tô pro que der e vier
Tudo isso acontece
Na banda do via quem quer.

A banda gera renda
Atrai pra cá o turista
Sob as machinhas de carnaval
Ninguém fica parado na pista
A banda é do povo
A banda é socialista.

Eu vou fazer um alerta!!!
A você meu amigo, a você meu irmão
Se você for pra banda
Não vá atrás de confusão
Pois, lá tem muita borracha
Prá bater no lombo de valentão.

É muita gente
Pelas ruas da cidade
A banda reflete
Expressão de liberdade
Alegria e muita festa
Com espírito de fraternidade.

De extrema a calama
Das barrancas do madeira até o caladinho
Na banda do vai quem quer
Você não fica sozinho
Pra você um carnaval de paz
Com muito amor e carinho.

Saudações carnavalescas
Aos responsáveis pela banda do vai quem quer
A banda é um orgulho de Porto Velho
Desse povo que não triste é
Tem a ginga da Amazônia
Frevo, boi-bumbá, cachaça e muito samba no pé.

Francisco Batista Pantera, Professor, Jornalista, Poeta e Presidente Estadual do PCdoB/RO

Autor / Fonte: Francisco Pantera

Leia Também

Comentários