Após derrota na Justiça, Trump prepara nova versão de decreto anti-imigração

Após derrota na Justiça, Trump prepara nova versão de decreto anti-imigração

© Fournis par RFI

O presidente norte-americano, Donald Trump, desistiu de recorrer da decisão judicial que suspendeu seu decreto anti-imigração. Porém, o chefe da Casa Branca avisou nesta quinta-feira (16) que pretende apresentar uma nova versão do texto.

Desde que a Justiça do Estado de Washington suspendeu o decreto que interrompia o acolhimento de refugiados e proibia a entrada de cidadãos de sete países de maioria muçulmana nos Estados Unidos, Donald Trump vinha ameaçando recorrer da decisão. Mas nesta quinta-feira o presidente norte-americano mudou de estratégia e anunciou que desistiu de apelar.

Mas isso não significa que Trump pretende abandonar a ideia de manter refugiados e cidadãos vindos principalmente de países árabes longe dos Estados Unidos. Durante coletiva de imprensa, o chefe da Casa Branca prometeu para a semana que vem apresentar um novo texto sobre imigração. "Vamos emitir uma ordem nova e muito abrangente para proteger nosso povo", disse Trump. “Vamos ajustar o decreto à essa decisão e conseguir o que queremos e, de certa forma, talvez até um pouco mais”, completou.

Sem dar mais detalhes, o presidente disse apenas que o novo texto vai ser “substancialmente reformulado”. Segundo um assessor parlamentar ouvido pelas agências de notícias na semana passada, Trump pretende indicar de forma explícita que todos os portadores de uma carta de residência permanente (green card) não seriam afetados pelo novo decreto.

O polêmico decreto migratório, que proibia por 120 dias a entrada no país de qualquer refugiado - proibição indefinida para os sírios - entrou em vigor em 27 de janeiro de 2017 e, em 3 de fevereiro, foi suspenso pelo juiz James Robart em resposta ao recurso feito pelo procurador-geral do estado de Washington, Bob Ferguson.

 

http://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo/ap%C3%B3s-derrota-na-justi%C3%A7a-trump-prepara-nova-vers%C3%A3o-de-decreto-anti-imigra%C3%A7%C3%A3o/ar-AAn1RH1?li=AAggXC1

Autor / Fonte: RFI

Leia Também

Comentários